História

"No Algarve, as suas férias terão um sabor histórico.

Em toda a região, encontrará a oportunidade de descobrir alguns dos encantos e segredos da história de Portugal, cujo tempo ainda não conseguiu apagar.

Passar as suas férias no Algarve também oferece uma oportunidade para viajar no tempo, encontrando numerosos testemunhos para os diferentes povos e culturas que se juntaram ao longo da história desta região.

Desde vestígios da presença romana até a evidência do longo legado dos tempos muçulmanos, desde a reconquista cristã até o período épico dos descobrimentos portugueses, você encontrará todos os tipos de razões para redescobrir os sinais de um passado histórico bastante distinto.

A evidência do povoamento humano do Algarve remonta a tempos imemoriais. Exemplos dessa presença podem ser encontrados nos restos do Neolítico de muitos milhares de anos atrás e os mais recentes, mas não menos interessantes, sítios arqueológicos romanos, agora abertos aos visitantes.

Qualquer viagem ao passado da região e sua valiosa história também deve incluir uma visita aos vários museus arqueológicos, exibindo uma vasta herança que está à espera de ser descoberta. Como o lar de uma série de civilizações antigas, o Algarve também foi visitado por muitos outros povos, inevitavelmente trazidos para a região pelo imenso mar que banha as suas margens.

Mais de cinco séculos de influências mouriscas deixaram sua marca indelével na região, começando com seu nome real: Al-Gharb, que significa O Oeste. A longa ocupação mourisca do território, que durou do século VIII ao XIII, ainda deve ser notada nos nomes das cidades e aldeias, na agricultura da região, na arquitetura dos monumentos, nos padrões de renda das varandas. , telhados e chaminés, ou as casas caiadas de branco ainda a ser visto em muitas aldeias do Algarve.

Naquela época, Silves era o foco central da região devido à sua localização geográfica estratégica.

Em meados do século XIII, o Algarve foi a última parte de Portugal a ser reconquistada do domínio muçulmano. Depois de um longo período de avanços e retrocessos, a reconquista cristã desfrutou da valiosa colaboração dos Cavaleiros da Ordem de São Tiago, liderados por Dom Paio Peres Correia. O resultado foi que, no reinado de Dom Afonso III, a presença árabe no Algarve chegou ao fim e a região se uniu ao reino de Portugal.

Além de Silves, as cidades de Tavira e Faro, a atual capital do Algarve, foram definitivamente conquistadas dos mouros. Isto marcou a fundação do Reino de Portugal e dos Algarves. Mais tarde, no início do século XV, o início da expansão marítima portuguesa trouxe uma nova vida ao Algarve e ao seu povo. Desde então, Lagos e Sagres ficaram para sempre ligados ao Infante D. Henrique, o Navegador e aos Descobrimentos Portugueses. Ainda hoje, no promontório conhecido como a Ponta de Sagres, pode-se ver um gigante dedo de pedra a apontar para o Oceano Atlântico numa clara alusão à coragem dos navegadores algarvios, como Gil Eanes, que navegou através dos mares em busca de novos mundos para dar ao mundo.

Muitas marcas deste passado remoto, que ainda está muito presente na alma dos habitantes do Algarve, estão espalhadas por toda a região. Fazer uma visita a Aljezur, Lagos, Silves, Faro, Tavira, Castro Marim e Alcoutim significa descobrir a grandeza da história portuguesa, o seu povo e as suas tradições, em cada museu, igreja, forte e castelo da região. " www.visitalgarve.com

Contacte-nos / Contact us / Entrez en contact

 

geral@vacationsinalgarve.com

Tel: +351 934962442

  • Facebook Clean
Morada / Address / Adresse

 

Rua de São Pedro, n.º 119 Loja

no sítio da Boavista,

8500-448 Portimão,

Algarve, Portugal

Aceitamos / We accept / Nous acceptons

© 2023 por Loft City. Orgulhosamente criado com Wix.com / Quinta da Baticova, Gestão Imobiliária Lda

Image provided by Lexe-I has not been altered and is used in compliance with CC License.